Você empresário que está se preparando para a black friday. Confira algumas dicas para não se atrapalhar na hora das vendas.

Você já pensou qual a estratégia vai utilizar para liderar as vendas de final de ano?

Para que os preços fiquem em baixa de verdade, organização e planejamento que são obrigatórios o ano todo precisam estar em alta nesta época para lançar uma promoção, grande liquidação e ofertas de encher os olhos do consumidor.

Se você está pensando em entrar na onda do momento e faturar com a black friday, atenção para essas dicas:

  1. Defina o que vai entrar na promoção: O estoque, as peças com baixa procura, coleções passadas ou toda a loja?
  2. Defina um objetivo a ser atingido: Você quer fazer um caixa? Quer liberar estoque? Enfim, é importante ter um objetivo.
  3. Defina um período para a promoção: Será de um dia, uma semana ou um mês?

Com uma nova e boa entrada é possível comprar nova coleção, renovar estoque ou simplesmente fazer um fluxo de caixa. Outros fatores importantes na hora de planejar este momento é ter um período para se trabalhar. Será de um dia ou uma semana de descontos? Programe-se!

Vou destacar aqui que nessa hora não é o momento de pensar em lucrar, agora é o momento de dar visibilidade ao seu negócio, então aproveite para oferecer aos seus clientes, descontos reais na hora da compra. Definindo esses pontos a sua chance de sucesso será maior.

Nesse momento de black friday onde a maior parte das vendas é online pode ser a chance das lojas físicas aquecerem o mercado e alavancar nas vendas, muitas pessoas ainda tem receio da compra pela internet.

Use e abuse da divulgação, mas lembre-se, toda atenção no planejamento e organização pra não perder o foco.

Seja no ambiente online ou offline, garanta ao consumidor uma compra cercada de cuidados, como: bom atendimento sempre, tire todas as dúvidas sobre o produto, atenção no prazo de entrega e pós -venda, assim você garante que o cliente tenha uma boa experiência e faça disso uma referência para o seu negócio.

Utilize esse momento como uma vitrine para a sua empresa e também para servir de termômetro e saber se as vendas vão ganhar força neste final de ano.

Como em toda ação de marketing / vendas faça um monitoramento e avaliação após o período, verifique o que deu certo e o que poderia ter sido melhor, assim você ficará mais preparado para as próximas ações.


A expectativa é que o comércio eletrônico feche 2018 com vendas de R$53,4 bilhões, alta de 12%, diante dos R$47,7 bilhões registrados em 2017. O número de pedidos deverá crescer 8%, atingindo a marca de 120 milhões.

Fonte: Ebit | www.ebit.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *